Menu

Clinica Veterinária

Início Notícias Especialidades Oncologia Carcinoma prostático em gato – relato de caso e revisão de literatura
Oncologia

Carcinoma prostático em gato – relato de caso e revisão de literatura

Relato de caso e revisão de literatura


Prostatic carcinoma in a cat – case report and literature review

Carcinoma prostático en un gato – reporte de caso y revisión de la literatura

­

Clínica Veterinária, Ano XXVII, n. 160, p. 44-56, 2022

DOI: 10.46958/rcv.2022.XXVII.n.160.p.44-56

­

Resumo: A neoplasia prostática em gatos é rara e pouco descrita na literatura. Não é um tumor andrógeno dependente, e a castração não ajuda na prevenção ou no tratamento. Técnicas ultrassonográficas e radiográficas evidenciarão compressão uretral ou retal na posição da neoplasia, e para diagnóstico definitivo deve-se realizar exame histopatológico. Não há protocolo terapêutico eficaz estabelecido, e o tratamento cirúrgico não costuma ser efetivo no controle da evolução do quadro, já que é de caráter maligno, agressivo e com altas taxas de metástases. Relata-se o caso de um gato macho, castrado, sem raça definida, de pelo curto, 10 anos, com histórico de disquesia, fezes em fita, hematúria e normorexia. O diagnóstico presuntivo foi realizado por meio de ultrassonografia; no entanto, devido à característica obstrutiva apresentada pela neoplasia, assim como ao prognóstico de reservado a ruim em relação às alternativas terapêuticas, optou-se pela eutanásia, e não foi evidenciada nenhuma metástase.

Unitermos: neoplasia prostática, carcinoma prostático, adenocarcinoma prostático, gato

Abstract: Prostatic neoplasia in cats is rare and poorly described in the literature. It is not an androgen dependent tumor, and castration does not help in prevention or treatment. Ultrasonographic and radiographic techniques will show urethral or rectal compression in the position of the neoplasm, and for a definitive diagnosis, histopathological examination must be performed. There is no effective therapeutic protocol established, and surgical treatment is not usually effective in controlling the evolution of the condition, since it is malignant, aggressive and has high rates of metastases. The patient in this report is a 10-year-old male, neutered, mixed-breed, short-haired cat, with a history of dyschesia, ribbon-like stools, hematuria and normorexia. The presumptive diagnosis was performed by ultrasound; however, due to the obstructive characteristic presented by the neoplasm, as well as the poor prognosis in relation to the therapeutic alternatives, euthanasia was chosen, and no metastasis was evidenced.

Keywords: prostatic neoplasm, prostatic carcinoma, prostatic adenocarcinoma, cat

Resumen: La neoplasia prostática en gatos es rara y está pobremente descrita en la literatura. No es un tumor dependiente de andrógenos, y la castración no ayuda en la prevención ni en el tratamiento. Las técnicas ultrasonográficas y radiográficas mostrarán compresión uretral o rectal en la posición de la neoplasia, y para un diagnóstico definitivo se debe realizar un examen histopatológico. No existe un protocolo terapéutico eficaz establecido, y el tratamiento quirúrgico no suele ser eficaz para controlar la evolución del cuadro, ya que es maligno, agresivo y presenta altas tasas de metástasis. El paciente de este reporte es un gato macho de 10 años, castrado, mestizo, de pelo corto, con antecedentes de disquesia, heces en cinta, hematuria y normorexia. El diagnóstico presuntivo se realizó por ecografía; sin embargo, debido al carácter obstructivo que presentaba la neoplasia, así como al mal pronóstico en relación a las alternativas terapéuticas, se optó por la eutanasia y no se evidenció metástasis.


Conteúdo exclusivo para assinantes

Seja um dos milhares de leitores que se beneficiam dos conteúdos da Clínica Veterinária

Acompanhamos sua jornada de autoconhecimento e evolução

Assine agora e junte-se à nossa comunidade

Mais assinado

Digital

R$115,00

Ou escolha o seu plano

Assinatura digital, diretamente do nosso acervo com todas as edições publicadas, desde o nº 1.

Assinatura digital, diretamente do nosso acervo com todas as edições publicadas, desde o nº 1.

Assinatura digital, diretamente do nosso acervo com todas as edições publicadas, desde o nº 1.

Assinar

Atualização científica e divulgação de informações para o médico-veterinário de pequenos animais

  • Principal publicação científica de educação continuada do setor no país.
  • Há 29 anos, o veículo de referência para o médico-veterinário de pequenos animais.
  • Indexada no Zoological Records CAB Abstracts, Latindex e Web of Science.
  • Periodicidade bimestral, publicada na versão digital.
  • Cobre as diversas especialidades da clínica veterinária de pequenos animais como dermatologia, cardiologia, neurologia, nefrologia, reprodução, endocrinologia, oftalmologia, incluindo também bem-estar animal, saúde pública, zoonoses, medicina veterinária de desastres medicina veterinária do coletivo, ecologia, animais silvestres, entre outras.
  • Opção de assinatura digital. O leitor tem acesso ao conteúdo digital completo dos 28 anos de publicação.
  • A cada nova edição bimestral, conteúdos importantes e atualizações para seu dia-a-dia profissional.

 

Atenção!!!!

Estudantes de medicina veterinária possuem CUPOM de 30% de desconto. Antes de concluir a compra, favor enviar um comprovante estudantil (carteirinha, um boleto atual ou uma certidão, válido para estudantes de graduação, pós-graduação, doutorado ou mestrado do curso de medicina veterinária) para o seguinte e-mail:  [email protected]    ou WhatsApp:  (11) 98250-0016

Após o envio e confirmação, você receberá o cupom para finalizar sua compra.

Revista Clínica Veterinária.

Já é assinante? Clique e entre na sua conta!