Menu

Clinica Veterinária

Início Notícias Especialidades Endocrinologia Pivalato de desoxicorticosterona no controle do hipoadrenocorticismo canino
Endocrinologia

Pivalato de desoxicorticosterona no controle do hipoadrenocorticismo canino


Deoxycorticosterone pivalate in the control of canine hypoadrenocorticism – case reports

Pivalato de desoxicorticosterona en el control del hipoadrenocorticismo canino – reporte de casos

Clínica Veterinária, Ano XXVIII, n. 163, p. 36-45, 2023

DOI: 10.46958/rcv.2023.XXVIII.n.163.p.36-45

Resumo: O hipoadrenocorticismo primário ou doença de Addison é uma endocrinopatia que envolve a deficiência de glicocorticoides, comumente associada a deficiência mineralocorticoide. O tratamento mais utilizado para reposição hormonal envolve a associação de fludrocortisona e prednisona. O pivalato de desoxicorticosterona (DOCP) tem sido demonstrado na literatura como superior no controle eletrolítico no paciente com hipoadrenocorticismo, e sempre deve ser associado a prednisona/prednisolona. Neste trabalho, relatamos o benefício do DOCP e o protocolo de ajuste de dose desse fármaco em duas etapas em dois casos distintos. Houve uma eficácia superior no controle eletrolítico e redução dos efeitos colaterais com o protocolo de DOCP e prednisolona em relação ao uso de fludrocortisona em ambos os pacientes.

Unitermos: cães, adrenal, aldosterona, cortisol, controle eletrolítico­

Abstract: Primary hypoadrenocorticism or Addison’s disease is an endocrinopathy involving glucocorticoid deficiency, commonly associated with mineralocorticoid deficiency. The most commonly used treatment for hormone replacement involves the combination of fludrocortisone and prednisone. Deoxycorticosterone pivalate (DOCP) has been shown in the literature to be superior in electrolyte control in patients with hypoadrenocorticism, and should always be associated with prednisone/prednisolona. In this study, we report the benefit of DOCP and the two-stage dose adjustment protocol for this drug in 2 different cases. There was superior efficacy in electrolyte control and reduction of side effects with the DOCP and prednisolone protocol compared to the use of fludrocortisone in both patients.

Keywords: dogs, adrenal, aldosterone, cortisol, electrolyte control­

Resumen: El hipoadrenocorticismo primario o enfermedad de Addison es una endocrinopatía que cursa con deficiencia de glucocorticoides, comúnmente asociada con deficiencia de mineralocorticoides. El tratamiento más utilizado para el reemplazo hormonal consiste en la combinación de fludrocortisona y prednisona. El pivalato de desoxicorticosterona (DOCP) ha demostrado en la literatura ser superior en el control de electrolitos en pacientes con hipoadrenocorticismo, y siempre debe asociarse con prednisona/prednisolona. En este trabajo, reportamos el beneficio de DOCP y el protocolo de ajuste de dosis en dos etapas para este fármaco en 2 casos diferentes. Hubo una eficacia superior en el control de electrolitos y la reducción de los efectos secundarios con el protocolo DOCP y prednisolona en comparación con el uso de fludrocortisona en ambos pacientes.

Palabras clave: perros, suprarrenal, aldosterona, cortisol, control de electrolitos

­

Introdução

O hipoadrenocorticismo primário ou doença de Addison é uma endocrinopatia pouco frequente em cães, com incidência estimada de 0,36 a 0,5%, sendo a maioria dos casos espontâneos devido à destruição imunomediada do córtex adrenal, resultando em deficiência dos hormônios mineralo/glicocorticoides. O hipoadrenocorticismo primário pode ocorrer de forma iatrogênica, pela administração de mitotano, medicação que age principalmente na destruição da zona fasciculada da adrenal durante o tratamento para o hipercortisolismo espontâneo. A doença de Addison também se apresenta em animais que sofreram adrenalectomia bilateral devido a tumores na adrenal, dentre outras etiologias 1-4.


Conteúdo exclusivo para assinantes

Seja um dos milhares de leitores que se beneficiam dos conteúdos da Clínica Veterinária

Acompanhamos sua jornada de autoconhecimento e evolução

Assine agora e junte-se à nossa comunidade

Mais assinado

Digital

R$115,00

Ou escolha o seu plano

Assinatura digital, diretamente do nosso acervo com todas as edições publicadas, desde o nº 1.

Assinatura digital, diretamente do nosso acervo com todas as edições publicadas, desde o nº 1.

Assinatura digital, diretamente do nosso acervo com todas as edições publicadas, desde o nº 1.

Assinar

Atualização científica e divulgação de informações para o médico-veterinário de pequenos animais

  • Principal publicação científica de educação continuada do setor no país.
  • Há 29 anos, o veículo de referência para o médico-veterinário de pequenos animais.
  • Indexada no Zoological Records CAB Abstracts, Latindex e Web of Science.
  • Periodicidade bimestral, publicada na versão digital.
  • Cobre as diversas especialidades da clínica veterinária de pequenos animais como dermatologia, cardiologia, neurologia, nefrologia, reprodução, endocrinologia, oftalmologia, incluindo também bem-estar animal, saúde pública, zoonoses, medicina veterinária de desastres medicina veterinária do coletivo, ecologia, animais silvestres, entre outras.
  • Opção de assinatura digital. O leitor tem acesso ao conteúdo digital completo dos 28 anos de publicação.
  • A cada nova edição bimestral, conteúdos importantes e atualizações para seu dia-a-dia profissional.

 

Atenção!!!!

Estudantes de medicina veterinária possuem CUPOM de 30% de desconto. Antes de concluir a compra, favor enviar um comprovante estudantil (carteirinha, um boleto atual ou uma certidão, válido para estudantes de graduação, pós-graduação, doutorado ou mestrado do curso de medicina veterinária) para o seguinte e-mail:  [email protected]    ou WhatsApp:  (11) 98250-0016

Após o envio e confirmação, você receberá o cupom para finalizar sua compra.

Revista Clínica Veterinária.

Já é assinante? Clique e entre na sua conta!