Menu

Clinica Veterinária

Início Notícias Mercado PremieRpet Instituto PremieRpet® doou mais de 200 toneladas de alimentos para ONGs de cães e gatos nos últimos 4 anos
PremieRpet

Instituto PremieRpet® doou mais de 200 toneladas de alimentos para ONGs de cães e gatos nos últimos 4 anos

Balanço marca a celebração de 10 anos do Instituto

Matéria escrita por:

Clínica Veterinária

8 de fev de 2024


Desde a sua fundação, em 2013, o Instituto PremieRpet® contribui para tornar a alimentação de alta qualidade mais acessível para cães e gatos que estão sob cuidados de ONGs parceiras. Seja por meio de campanhas de doação ou da venda subsidiada, o braço social da PremieRpet® já alimentou mais de 15 mil cães e gatos.

­

Créditos: Diivulgação PremieRpet

­

Com as inúmeras adversidades trazidas pela pandemia, o Instituto intensificou doações a partir de 2020. De lá para cá, o volume chegou a 203 toneladas doadas – equivalente a cerca de 1 milhão de refeições para cães e gatos –, sendo um recorde histórico de 77 toneladas só em 2023, ano que marcou também a celebração de uma década de existência do Instituto PremieRpet®.

­

Créditos: Divulgação PremieRpet

 

­

“Esse balanço demonstra o comprometimento do Instituto PremieRpet®, em parceria com a PremieRpet®, com o bem-estar animal e com as associações parceiras que se dedicam a cuidar de cães e gatos abandonados. Sabemos o quanto a alimentação é importante para os animais abrigados, pois impacta nas condições de saúde e qualidade de vida, proporcionando, inclusive, maiores chances de adoção”, aponta Madalena Spinazzola, presidente do Instituto PremieRpet®.

 

ONGs parceiras

Entre 13 ONGs beneficiadas com os alimentos de alta qualidade em 2023 estão a Apata, Catland, Amigo Animal, DNA Animal, MaxMello e Segunda Chance. Elas fazem parte do projeto Medicina Veterinária de Abrigos, em parceria com a Universidade Federal do Paraná (UFPR), que conta com uma série de iniciativas para promover o aumento do bem-estar dos animais nos abrigos e as taxas de adoções.

­

­

A Apata – Associação Protetora dos Animais Tânia Angiolucci é um abrigo localizado em Cajamar, SP, que trabalha com acolhimento e cuidados a cães e gatos abandonados. A Tânia herdou do pai a vocação de cuidar de animais maltratados e transformar suas vidas e com o passar do tempo transformou sua casa na ONG que hoje oferece assistência e amor para mais de 230 animais.

 

A Associação do Amigo Animal é uma entidade não-governamental de proteção aos animais, com sede administrativa em Curitiba, PR, criada em 2000 para dar assistência e abrigo a cães e gatos abandonados nas ruas de Curitiba. Abriga atualmente mais de 1500 cães e 300 gatos (em parceria com gatil).

 

A MaxMello teve início em 2005, em Ibiúna, com o acolhimento de dois cães: Max e Mello. Essa inciativa abriu caminho para a chegada de mais de 3 mil animais que já passaram pela associação de lá para cá. Hoje a MaxMello cuida de mais de 300 cães e 30 gatos. A maioria deles, com histórico de maus tratos e abandono.

 

Fundada em 2012, a Catland resgata e encaminha gatinhos para adoção responsável em São Paulo, SP. Já viabilizou a adoção de quase 6 mil gatinhos, conta com mais de 200 voluntários ativos que colaboram em diversas áreas como em prol do bem-estar dos mais de 300 animais abrigados em sua sede e em lares temporários. Conta somente com doações da comunidade e parcerias com empresas.

 

A DNA Animal é uma ONG localizada na Fazenda Rio Grande, PR, e nasceu pelo sonho de mudar a realidade dos cães de rua. Ao longo de sua trajetória, a ONG se adaptou às mudanças necessárias para proporcionar uma melhor qualidade de vida a centenas de animais resgatados.

 

O Projeto Segunda Chance é uma associação de proteção animal que realiza o trabalho de recuperação física e emocional de cães e gatos vítimas de abandono e maus tratos, e posterior encaminhamento para adoção. Atua de forma independente no resgate e proteção desde 2003, atuando na cidade de São Paulo, e nas regiões de Itu e Sorocaba, no estado de São Paulo.

 

Para Tânia Angiolucci, responsável pela ONG Apata, que acolhe cães e gatos abandonados em Cajamar, SP, as doações do Instituto PremieRpet® além de atenderem as necessidades nutricionais dos animais permitem que o dinheiro que seria destinado aos alimentos seja utilizado para outras manutenções na ONG. “Conseguimos iniciar as reformas no canil e no gatil, melhorando a qualidade de vida dos animais e criando espaços mais funcionais e adaptados às suas necessidades. Tudo isso fortalece a nossa missão de resgate e cuidado. Essa doação não é apenas uma contribuição financeira, é um gesto de compaixão que reverbera em cada patinha que agora desfruta de uma vida melhor”, celebra Tânia.

­

Créditos: Diivulgação PremieRpet

­

Perla Poltronieri, fundadora e presidente da Catland, que atende gatos em situação de abandono em São Paulo, SP, reafirma a importância das doações para a continuidade dos projetos da ONG. “Quem acompanha o nosso trabalho, sabe o quão difícil é manter os mais de 300 gatinhos alimentados. Com os alimentos doados pelo Instituto PremieRpet®, pudemos aproveitar melhor os recursos e resgatar mais animais, fazer o nosso trabalho da melhor forma possível”, completa Perla.

­

Créditos: Diivulgação PremieRpet­

 

Projeto Medicina Veterinária de Abrigos

O Projeto Medicina Veterinária de Abrigos tem o objetivo de levar conhecimento técnico em nedicina veterinária de abrigos para ONGs em São Paulo e no Paraná, visando aumentar o bem-estar dos animais abrigados e obter maiores taxas de adoção de sucesso. Desde 2018, o projeto contribuiu para 4.875 cães e gatos encontrarem um lar.

O Centro de Medicina Veterinária do Coletivo (CMVC) também é uma realização da UFPR com parceria permanente do Instituto PremieRpet®. Atualmente, o CMVC oferece atendimento médico-veterinário social e castrações para animais de famílias em situação de vulnerabilidade; doação de alimento e medicamento para animais; perícia de animais vivos; além de um centro de atendimento especializado em esporotricose. 

“Incentivamos as principais ações que abordam a saúde única, conceito que se baseia na união indissociável entre saúde animal, humana e ambiental e que, por meio da integração entre a medicina veterinária e a medicina humana, auxilia na prevenção e no combate de diversas enfermidades”, afirma Madalena.

 

Como ações complementares do projeto, estão diversas iniciativas:

 

Mais informações podem ser obtidas no site do Instituto:
https://premierpet.com.br/sobre-nos/instituto-premierpet/