Direito médico-veterinário

Boas práticas em cirurgias veterinárias e o uso de listas de verificação (checklists)

Como reduzir erros evitáveis, complicações cirúrgicas, tempo anestésico e retornos inesperados


Com o crescimento do número de animais domiciliados e de sua importância afetiva no núcleo familiar, aumentou a atenção para com a saúde deles, e as práticas cirúrgicas tornaram-se corriqueiras em clínicas e hospitais veterinários.


Boas práticas abrangem uma gama de pontos críticos que merecem atenção redobrada para evitar complicações  trans e pós-cirúrgicas.


Estudos comprovam que a implementação de listas de verificação (checklists) melhora a segurança do paciente.


A edição 157 de Clínica Veterinária traz um artigo abrangente sobre o assunto, mostrando como o uso de listas de verificação reduz a taxa de morbidade e mortalidade, e reduz erros evitáveis, complicações cirúrgicas, tempo anestésico e retornos inesperados.


Ademais, é uma ferramenta que melhora a comunicação no trabalho em equipe.


O artigo é assinado pelos médicos-veterinários Cíntia Navarro Alves de Souza, Alexandre Navarro Alves de Souza e Paulo César Maiorka, prof. dr. associado da FMVZ/USP-São Paulo.


Leia o artigo publicado na revista Clínica Veterinária, Ano XXVII, n. 157, março/abril, 2022.


Tenha acesso ao conteúdo completo da edição!


Acesse ou assine a revista Clínica Veterinária

https://revclivetsite.azurewebsites.net/Account/Logon