Osteossíntese com placa óssea em uma macaca bugio-preto (Alouatta caraya)

Osteossíntese com placa óssea em uma macaca bugio-preto (Alouatta caraya)

Osteosynthesis with bone plaque in a black female howler monkey (Alouatta caraya)

Osteosíntesis con placa en una hembra de mono aullador negro (Alouatta caraya)

Clínica Veterinária, Ano XXIII, n. 134, p. 74-85, 2018

Resumo: O tratamento cirúrgico na correção das fraturas em animais silvestres necessita da correta eleição do método de osteossíntese a ser utilizado, de forma tal que consiga a redução e a estabilização do foco de fratura e uma evolução adequada durante o pós-operatório. O objetivo deste relato foi descrever e monitorar a consolidação óssea em uma fratura diafisária proximal oblíqua tibiofibular com a implantação de uma placa óssea de 2,7mm em uma macaca bugio-preto da espécie Alouatta caraya. No acompanhamento da evolução da paciente, as imagens radiográficas mostraram evidências de consolidação de ambos os ossos e uma fixação estável da placa, proporcionando uma ambulação precoce e o retorno completo da função do membro. Unitermos: animais selvagens, primatas não humanos, ortopedia, radiografia

Abstract: The surgical treatment for the correction of fractures in wild animals requires the correct selection of the osteosynthesis method to be used, in such a way as to achieve the reduction and stabilization of the fracture focus, and an adequate evolution during the postoperative period. The purpose of this report was to describe and monitor bone healing in a tibiofibular oblique proximal diaphyseal fracture with a 2.7 mm bone plate implant in a female black howler monkey of the Alouatta caraya species. In the follow-up of the patient’s evolution, the radiographic images showed evidence of consolidation of both bones and stable fixation of the plate, providing early ambulation and complete recovery of limb function. Keywords: wild animals, non-human primates, orthopedics, radiography

Resumen: En animales silvestres, el tratamiento quirúrgico en caso de fracturas requiere una cuidadosa elección del método de osteosíntesis, de forma tal que, además de la reducción y estabilización del foco fracturado, ofrezca una adecuada evolución durante el postoperatorio. El objetivo del presente relato fue describir y monitorear la consolidación ósea en una fractura tibiofibular oblicua en la región de la diáfisis proximal resuelta mediante una placa de 2,7 mm, en una hembra de mono aullador negro de la especie Alouatta caraya. Las imágenes radiográficas obtenidas durante la evolución del paciente evidenciaron consolidación ósea en ambos huesos y una fijación estable de la placa, lo que permitió una recuperación precoz de la deambulación y de la función completa del miembro.Palabras clave: animales salvajes, primates no humanos, ortopedia, radiografía

Christiano Pavan Mateus
MV, dr., prof.
Depto. An. Silvestres – HV/FCAA/FEA
cpavan08@hotmail.com

Cláudio Roberto da Silva
Médico veterinário
HV/FCAA/FEA
claudiorobertosilvamedvet@hotmail.com

Weliton dos Anjos Aragão
aluno de graduação
CMV/FCAA/FEA
weliton.anjos@hotmail.com

admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Natal na Clínica Veterinária: na compra de qualquer livro de veterinária ganhe 1 ano de assinatura digital da revista Clínica Veterinária! Somente até 31\12. Dispensar

0

Your Cart