Publicado em

Tratado das plantas medicinais

Tradato das plantas medicinais
Tratado das plantas medicinais

O livro Tratado das plantas medicinais mineiras, nativas e cultivadas, de Telma S. Mesquita Grandi, tem versão digital gratuita.

A obra se baseou em experiências profissionais de quase quarenta anos da autora, inclusive o exercício do magistério na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), na Universidade de Uberaba e no Centro Universitário Newton Paiva. Durante esse tempo, muitos de seus alunos participaram de pesquisas em sua cidade natal, coletando exsicatas (plantas secas conservadas em herbário para estudo) para posterior identificação botânica. Só em um trabalho publicado foram analisadas cinco mil exsicatas. Além disso, foram mais de vinte cursos de extensão ministrados em Alfenas, Machado, Ouro Preto, Lavras, Viçosa e Uberlândia. Telma S. Mesquita Grandi é farmacêutica-bioquímica graduada pela UFMG e tem mestrado em microbiologia e imunologia e especialização em sistemática de fanerógamas pela Universidade de Brasília (UNB).

A autora destaca que as plantas medicinais podem causar muitos problemas se não forem observadas as quantidades em uso, pois a diferença entre o medicamento e o veneno é, às vezes, questão de dosagem. Por isso, em sua obra, teve a preocupação de colocar em cada espécie as contraindicações, a toxicidade e a moderna interação medicamentosa. O tratado, com mais de 1.200 páginas, tem a identificação detalhada de cada planta, a descrição, a informação das partes usadas, as formas farmacêuticas, a forma empregada, a constituição química, as interações medicamentosas e associações, contraindicações e toxicidade. Além disso, todas as plantas foram devidamente ilustradas pelos artistas Andréa Vilela, Júlia Bianchi, Marcelo Viana, Rafael Zavagli, Sandra Bianchi e Tânia Mara Viana.

Instruções ao autores para envio de artigos científicos: clique aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *