Promoção!

Clínica Veterinária n. 40

R$ 30,00 R$ 15,00

ODONTOLOGIA: Tratamento de canal convencional: opção à extração de dentes afetados endodonticamente – revisão
CLÍNICA MÉDICA: Relato de caso: Alterações clínicas e laboratoriais consequentes à picada de cascavel (Crotalus durissus terrificus) em uma cadela gestante
REPRODUÇÃO: Endocrinologia reprodutiva na cadela
ORTOPEDIA: Redução e estabilização de fratura e luxação de coluna lombar de cão, com pinos de Steinmann e fios de aço ortopédicos. Relato de caso

Edição não consta no acervo digital

Descrição


Artigos científicos presentes na Clínica Veterinária n. 40, setembro/outubro/2002, ano VII:

ODONTOLOGIA: Tratamento de canal convencional: opção à extração de dentes afetados endodonticamente – revisão

Autores: Marco Antonio León Román ; Marco Antonio Gioso

Resumo: “O tratamendo de canal convencional ou penetração desinfetante é uma das alternativas de terapia para dentes que apresentam seu sistema endodôntico comprometido em decorrência de pulpite ou de fraturas com ou sem exposição da polpa, para os quais, até há pouco tempo, preconizava-se a extração. O tratamento de canal convencional pode ser dividido em três etapas: instrumentação do canal (preparo químico-cirúrgico), em que a polpa necrosada e os microorganismos são removidos e a câmara pulpar desinfetada com a utilização de limas em conjunto com substâncias químicas obturação do canal, realizada com material especial como a gutta-percha e cimentos à base de óxido de zinco, com a finalidade de preencher o canal tratado e impedir o crescimento bacteriano, principalmente em seu terço apical restauração realizada ao final do tratamento , na qual podem ser utilizados diferentes materiais resinas compostas, ionômero de vidro, amálgama de prata ou prótese (metálica ou metalo-cerâmica).”

Unitermos: Odontologia, endodontia, canal, cães, gatos


CLÍNICA MÉDICA: Relato de caso: Alterações clínicas e laboratoriais consequentes à picada de cascavel (Crotalus durissus terrificus) em uma cadela gestante

Autores: Rita de Cassia Collicchio ; Michiko Sakate, Mara Regina dos Santos Balarin, Alessandre Hataka, Roseli Pizzigati Klein, Leomar Viana, Fábio dos Santos Nogueira

Resumo: Dentre os gêneros de serpentes peçonhentas existentes no Brasil, Crotalus, Bothrops, Micrurus e Lachesis, os acidentes provocados por aquelas de origem botrópica e crotálica são os de maior importância epidemiológica. A única espécie do gênero Crotalus encontrada no Brasil é a Crotalus durissus (cascavel), e responde por cerca de 10% dos acidentes ofídicos em nosso território, com letalidade de 3,3%. O acidente crotálico apresenta manifestações clínico-sistêmicas importantes, e o veneno dessa espécie tem atividades miotóxica generalizada, neurotóxica e coagulante. Este relato de caso clínico reporta um acidente crotálico ocorrido com uma cadela gestante, que apresentou alterações clínicas graves e laboratoriais evidentes e que, após soroterapia e terapia de suporte adequadas, teve completa melhora clínica, levando a termo a gestação e gerando neonatos saudáveis.

Unitermos: Peçonhentos, Crotalus, acidente crotálico, gestação, cadela


REPRODUÇÃO: Endocrinologia reprodutiva na cadela

Autores: Berenice de Ávila Rodrigues ; José Luiz Rodrigues

Resumo: Na fêmea canina, a manifestação dos eventos endócrinos durante o ciclo estral segue um padrão particular. Aspectos peculiares até hoje parcialmente elucidados, como a expressão ou a inibição hormonal nas fases do ciclo e durante os momentos de transição entre as mesmas são pouco difundidos na literatura. O objetivo desta revisão bibliográfica é reunir dados recentes relacionados aos aspectos endocrinológicos da fisiologia reprodutiva da cadela. Também a atividade biológica das gonadotrofinas FSH e LH, dos esteróides estradiol e progesterona, e do hormônio peptídico prolactina é apresentada, enfatizando-se as variações de suas concentrações séricas durante os eventos do ciclo. A atualização dos conhecimentos nessa área poderá servir de suporte teórico aos colegas na condução de técnicas reprodutivas, de forte apelo na clínica veterinária, tais como os serviços de supervisão de ciclo estral e de inseminação artificial.

Unitermos: Espécie canina, ciclo estral, endocrinologia, hormônio


ORTOPEDIA: Redução e estabilização de fratura e luxação de coluna lombar de cão, com pinos de Steinmann e fios de aço ortopédicos. Relato de caso

Autores: Silvio Henrique de Freitas ; Claudia Gorgulho Nogueira Fernandes, Lázaro Manoel de Camargo, Rejane Bastista Brinholi, Naiá Girardi

Resumo: A coluna vertebral é uma estrutura óssea que protege a medula espinhal contra agressões externas. Os traumas, principalmente aqueles decorrentes de acidentes automobilísticos, acometem com maior freqüência a região lombar, e quando não tratados adequadamente podem trazer sérios prejuízos ao animal. O exame clínico/neurológico deve ser efetuado para localizar a lesão e avaliar o grau de comprometimento. Radiografias simples e/ou contrastadas são meios auxiliares empregados para identificar a extensão da lesão e direcionar o tratamento. Este trabalho tem como objetivo relatar a redução e estabilização de fratura e luxação de coluna lombar de cão, utilizando-se dois pinos de Steinmann e fios de aço ortopédicos fixados aos processos espinhosos e articulares.

Unitermos: Coluna lombar, fratura, luxação, redução e estabilização, cão




Informação adicional

Peso 260 g
Dimensões 28 x 21 x 0.4 cm

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Clínica Veterinária n. 40”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Por favor aguarde...

Inscreva-se na nossa Newsletter!

Você gostaria de manter-se atualizado com os eventos veterinários nacionais e internacionais mais importantes? Digite o seu endereço de e-mail e nome abaixo e receba updates que deveriam estar no calendário de qualquer veterinário!