Cães com hiperadrenocorticismo: alterações dermatológicas

Entre as principais alterações clínicas decorrentes do hipercortisolismo crônico, resultante do hiperadrenocorticismo ou síndrome de Cushing, estão as alterações tegumentares. O presente trabalho teve como objetivo identificar as alterações dermatológicas mais frequentes em 22 cães (dezesseis fêmeas e seis machos com idade média de 10 Leia mais… »